Tag: g1

Concurso público ou iniciativa privada? – parte II

009_lia_salgado_g1_11-10-2016Na coluna desta semana, continuamos a falar sobre iniciativa privada e administração pública.Conforme a última coluna escrita, não há resposta certa. Tudo depende da situação de cada um, dos sonhos e de outros fatores. O fato é que toda idade e momento de vida oferecem vantagens e desafios em relação aos concorrentes. É uma questão de aproveitar os recursos favoráveis e não ficar lamentando e se comparando aos outros.

Nesta coluna, vamos mostrar uma pequena análise por faixa etária e etapas de vida para apresentar os cenários da iniciativa privada e dos concursos públicos para quem está em dúvida. Agora, serão apresentados os seguintes perfis: 40/50 anos, que ainda não conquistaram o salário desejado, e aposentados.

Confira a matéria clicando aqui

_

ter 11 out/2016

Veja dicas para ter uma boa estratégia de estudo para concursos

009_Lia_Salgado_G1_04-10-2016Concurso de nível médio antes de superior
A internauta Michele de Castro é formada, trabalha na iniciativa privada e começou os estudos para a Receita Federal. Ela quer saber se vale a pena fazer um concurso de nível intermediário para o Banco do Brasil. “Mas, estou necessitando de algo que me dê um pouco mais de segurança; algo no sentido de ‘no meio do caminho, preciso de uma aprovação’. Estou sem saber se paro a Receita Federal e foco no Banco do Brasil ou se existem chances boas de passar começando a estudar após o edital”, diz Michele.

Segundo Lia, a escolha da internauta parece bastante sensata. “Há momentos em que é importante garantir uma aprovação intermediária que garanta sustentação para seguir para o concurso dos sonhos”, afirma.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

_

ter 04 out/2016

Concurso público ou iniciativa privada? – parte I

009_Lia_Salgado_G1_27-09-2016No momento, manter o emprego tem sido uma tarefa delicada para muitas pessoas. Conseguir uma nova colocação no mercado de trabalho, mais ainda. De outro lado, os concursos públicos também não estão em sua melhor fase, com a suspensão na esfera federal e em alguns estados e municípios. Muitos concursos que estavam previstos têm sido adiados.

Mas essa não é a realidade absoluta: muita gente permanece empregada e há postos para quem procura. Quanto aos concursos, também continuam acontecendo.

Confira a matéria clicando aqui

_

ter 27 set/2016

Veja estratégias para encarar sem medo as matérias

009_Lia_Salgado_G1_13-09-2016Será que existem matérias impossíveis de serem aprendidas por alguns candidatos? Ou é apenas uma questão de persistência?

Não é raro um candidato dizer que não aprende determinada disciplina e optar por concursos que não a cobrem na prova. Acontece que as matérias que costumam causar problemas constam de quase todos os concursos e fica difícil eliminá-las da programação de estudo, porque essa atitude reduziria muito o leque de oportunidades. É o caso de português, direitos, todas que envolvam matemática (seja como matemática mesmo, ou como raciocínio lógico, estatística, matemática financeira e outras).

Portanto, é mais produtivo desconsiderar o registro de que a matéria é muito difícil ou de que você não é capaz de dominá-la. De modo geral, essa é uma marca de infância, dos tempos de escola. Mas o momento agora é outro e a motivação para aprender é muito diferente, porque não é mais uma imposição externa dos pais ou professores, mas o desejo de alguém que está empenhado em transformar a própria vida.

Confira a matéria clicando aqui

_

ter 13 set/2016

A data da prova está chegando e o desânimo pegou? Veja o que fazer

009_Lia_Salgado_G1_06-09-2016É comum a gente ter uma percepção de qual é o nosso limite ao fazer determinada coisa e achar que não é possível ir além. Afinal, somos pessoas comuns.

Acontece que esse limite não é algo estabelecido necessariamente – nem prioritariamente – pelo corpo. De modo geral, o ponto máximo é aquele que nossa mente acredita ser o limite, não importando se está além ou aquém do corpo. Disso resulta um descompasso quando precisamos atingir uma meta que exija envolvimento da pessoa como um todo, com alto rendimento.

Confira a matéria clicando aqui

_

ter 06 set/2016

Concursos públicos e a Olimpíada

009_Lia_Salgado_G1_09-08-2016Difícil falar de concurso público num momento em que praticamente todos os olhares e pensamentos estão voltados para a Olimpíada. Mas quem está nessa pra valer precisa manter o foco no objetivo de ser aprovado.

O primeiro desafio é exatamente este: conseguir cumprir as metas de estudo estabelecidas e não deixar as próximas semanas escoarem como se fossem um longo feriado. Porque não são.

Para não ficarmos totalmente de fora do clima olímpico, vamos lembrar as características importantes para os atletas, e não será difícil observar que e os requisitos necessários para a vitória no esporte também levam ao sucesso em outras áreas da vida, em especial aqueles projetos de longo prazo.

Confira a matéria clicando aqui

_

ter 09 ago/2016

Como enfrentar a pressão familiar durante a preparação para concursos?

009_Lia_Salgado_G1_02-08-2016Eu entendo que quando a gente inicia um projeto está assumindo a responsabilidade por ele e não deve depender que as pessoas próximas estejam obrigatoriamente envolvidas.

Claro que quando se pode contar com o apoio de familiares e amigos é excelente, é o melhor dos mundos. Mas essa não pode ser uma condição. O projeto é pessoal e o salário também será.

Uma boa iniciativa é ter uma conversa honesta sobre os planos de fazer concurso público, e mostrar de que forma a vida será transformada depois da aprovação e as novas perspectivas que vão se surgir.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

_

ter 02 ago/2016

Como continuar a estudar para concursos depois de várias reprovações?

009_Lia_Salgado_G1_26-07-2016Concurso público é um projeto repleto de desafios. Requer tempo, determinação, algum investimento financeiro. Além disso, cada reprovação é um obstáculo a ser superado pelo candidato. Dependendo da situação, a autoestima pode ficar abalada e a confiança de que um dia tudo vai dar certo pode fraquejar. Desistir passa a ser uma alternativa.

O primeiro cuidado para evitar esse perigo é saber que praticamente todo candidato sofre algumas reprovações. Então, passar por isso não significa incompetência.

Confira a matéria clicando aqui

_

ter 26 jul/2016

Veja dicas para estudar português para concursos públicos

009_Lia_Salgado_G1_19-07-2016Na coluna de vídeo desta semana, a especialista Lia Salgado fala sobre a importância de estudar a língua portuguesa para fazer provas de concursos públicos. A especialista lembra que a disciplina cai em todos os concursos e é ideal ter conhecimentos sólidos e bem fundamentados.

Acredito que muita gente confia que vai ir bem, exatamente pelo fato de ser a nossa língua. Mas não é bem assim que funciona. Eu me gabava de saber bem português, fui muito bem nos vestibulares que fiz, mas parece que há algumas coisas que a gente só aprende quando estuda para concurso, detalhes que eu nem sabia que existiam. E são cobrados nas provas.

O português é uma língua difícil. Mas, realmente, não é tão subjetiva. Dá essa impressão porque há muitas regras e um mundo de exceções e variações.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

_

ter 19 jul/2016

Conheça os direitos de grávidas e lactantes em concursos públicos

009_Lia_Salgado_G1_05-07-2016Na coluna em vídeo desta semana, a especialista Lia Salgado fala sobre os direitos de grávidas e lactantes em concursos públicos. A colunista fala se a candidata grávida pode tomar posse em um cargo público e sobre prova física para lactantes.

“É bacana que ela esteja com disposição para estudar durante a gravidez. De modo geral, não há qualquer impedimento para isso, exceto o sono que pode aparecer nos primeiros meses”, afirma Lia.

Segundo a especialista, as candidatas não devem estudar enquanto amamentam, já que esse momento é importante para a relação mãe e filho. “Estar realmente presente nesse contato faz toda a diferença. Você terá outros momentos para estudar”.

Também não recomendo o estudo pelas madrugadas. Sabemos que o sono de quem está com bebê novo já é bastante comprometido e o ideal é aproveitar o que for possível para descansar. Senão é esforço em vão. Inclusive porque quanto melhor você estiver, mais sereno ficará o bebê e maiores as chances de você conseguir estudar.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

_

ter 05 jul/2016