Foi aprovado dentro das vagas do edital? Mantenha a calma – Lia Salgado no G1

009_Lia_Salgado_G1_29-09-2015Ser aprovado dentro do número de vagas definido no edital é o maior sonho de todos os candidatos, principalmente em meio à garantia dada pelo governo federal de nomeação de quem passou nos concursos de 2015, dentro do prazo de validade das seleções. No entanto, essa garantia veio junto com o anúncio de suspensão de concursos federais em 2016.

Mas mesmo com a aprovação dentro das vagas existentes no edital, é preciso manter a calma e adotar alguns cuidados.

Confira a matéria clicando aqui

_

ter 29 set/2015

Saiba como se concentrar nos estudos para concursos – Lia Salgado no G1

009_Lia_Salgado_G1_22-09-2015A maioria das pessoas não tem problemas de concentração, mas existem alguns cuidados simples que melhoram muito o foco nos estudos.

Planejamento – definir com clareza os horários de estudo (e a hora das outras tarefas) evita o ruído no cérebro de fazer uma coisa preocupado com outra. Nesse horário seu cérebro vai aceitar que é hora de pensar só naquele assunto.

Local de estudo – mantê-lo em boas condições de iluminação, temperatura e conforto (cadeira), dentro do possível. Vale uma boa dose de criatividade para adequar a situação, como estudar próximo a uma janela durante o dia. Além disso, as bibliotecas são ótimas opções para os concurseiros.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

_

ter 22 set/2015

Dicas de Filmes 22 – A Teoria de Tudo

Salve, Salve, Concurseiros!

Sabe aquela pessoa que mesmo com as maiores dificuldades do mundo consegue realizar feitos incríveis?

A teoria de Tudo_cut2

A Teoria de Tudo

Sinopse:

Baseado na história de Stephen Hawking (Eddie Redmayne), um dos maiores astrofísicos da atualidade, o filme é focado em partes de sua vida pessoal. Iniciando com um jovem Stephen, estudante de Cambridge, A Teoria de Tudo conta a trajetória deste gênio que, apesar de enfrentar uma doença degenerativa aos 21 anos, conseguiu mudar os rumos da ciência atual e ainda encontrar tempo para se apaixonar.

Por que devo assistir?

É incrível o que um ser humano é capaz de realizar quando se tem a motivação necessária. Estar ‘preso’ em uma cadeira de rodas, com praticamente todo seu sistema motor comprometido, seria suficiente para qualquer pessoa normal abdicar da vida. No entanto, Stephen tinha um propósito maior. Algo que nem suas limitações físicas poderiam impedir. Esta história soa familiar para você, Concurseiro?

A Teoria de Tudo é um filme inspirador, com uma belíssima trilha sonora e que, apesar de arrancar algumas lágrimas, vai lhe deixar um sorriso no rosto e uma fagulha de inspiração.

Bom filme e até semana que vem!

Ficha Técnica

Título Original: The Theory of Everything

Origem: EUA, 2014

Duração: 123 minutos

Direção: James Marsh

Elenco: Eddie Redmayne, Felicity Jones, Adam Godley

Pedro_Melo

Pedro Melo é empresário e cinéfilo.

 

 

 

_

sex 18 set/2015

De volta à maratona

Desde os tempos em que eu estudava para concursos, via a preparação como uma maratona. Por isso, quando decidi transformar meus relatos diários em um livro, não consegui imaginar outro nome. E assim ficou: Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos. Meio grande, né? Daí “quebramos” em: Como Vencer – a Maratona dos Concursos Públicos. Ou: Como Vencer, para os íntimos.

Enfim, toda essa conversa é para explicar porque quero retomar a analogia agora. Gostaria que você fizesse uma reflexão honesta: como está o seu estudo?

Porque, a partir de e-mails, mensagens e comentários que leio em minhas redes sociais, percebo que muita gente está se atrapalhando, apesar de desejar profundamente ser aprovada.

mesa_estudos

Tipo 1 – Pessoas que estudam desesperadamente

O desespero não é bom conselheiro. Se você estuda de 2ª a 2ª, sem dia de descanso, sem algum lazer, descuidando provavelmente dos horários (e qualidade) da alimentação e do sono, corre o sério risco de estar construindo um ciclo vicioso. A cada semana o estudo rende menos, em razão do nível de cansaço e estresse e, por isso, você acha que precisa estudar mais ainda, para compensar – com isso, a situação chega cada vez mais perto do insuportável para o corpo e para o cérebro.

Não se vence maratona correndo em disparada, porque as chances de sofrer uma lesão são enormes, ou, no mínimo, de uma exaustão precoce, o que levará o corredor a sair da prova.

Quem mantiver ritmo e continuidade certamente chegará ao final.

Tipo 2 – Pessoas que estudam quando sai o edital

Você quer ser aprovado num bom concurso, ter um bom salário e um bom emprego. Muita gente também deseja isso. E o serviço público quer os melhores candidatos. Será que você é tão melhor do que todo mundo que pode estudar só depois que o edital sair? Isso será suficiente para aprender todas as matérias que serão cobradas? Temo que não. Inclusive, se você usa essa estratégia, este pode ser o principal motivo para ainda não ter sido aprovado. E, pior ainda, isso pode levar você a uma visão equivocada de que concurso público é algo que não funciona.

Então, se você pretende ser um atleta e correr uma maratona, não adianta treinar na véspera ou durante poucas semanas. Você precisa aprender como é o treino, saber os movimentos corretos, superar a dor que acompanha cada progresso. E ainda é necessário ter regularidade para que os resultados apareçam e permaneçam. Se o treino acontecer de forma eventual, o corpo não ganha “memória” e o que se conquista em alguns dias perde-se em outros.

O corpo é capaz, mas precisa de tempo para ganhar condicionamento.  E de constância para mantê-lo. A mente também.

Tipo 3 – Pessoas que sofrem alguma reprovação e perdem a motivação

Concurso público requer determinação, continuidade e resistência. Sim, porque é um projeto complexo e sujeito a muitas interveniências. Podem acontecer reprovações (mais de uma, em geral), concursos suspensos, demora na nomeação do candidato depois de aprovado. É assim mesmo.

Como numa maratona, o cansaço ronda o candidato e há determinadas situações em que dá mesmo vontade de desistir. Mas, desistir seria evitar a dor do momento e carregar para sempre a frustração de uma vida que não satisfaz.

Se você acha que sofreu uma derrota e isso gerou uma “lesão” emocional, cuide como se fosse uma lesão física: faça alguns dias de repouso (não mais do que uma semana) e retome depois o treino, começando de forma um pouco mais suave até atingir outra vez o patamar em que estava.

Siga adiante até conquistar o que deseja. A celebração da vitória vai curar todas as feridas da caminhada. 

Tree-lined country road in Sweden at sunrise

______________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

● Coluna da semana no G1: ”Há oportunidades mesmo com suspensão dos concursos do governo federal”

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos

_

qui 17 set/2015

Há oportunidades mesmo com suspensão dos concursos do governo federal – Lia Salgado no G1

009_Lia_Salgado_G1_16-09-2015

Mais uma vez, a notícia de que concursos serão suspensos deixa os candidatos alarmados e preocupados com o futuro de seu projeto. Mas é preciso muita serenidade para analisar os fatos antes de mudar de planos ou entrar em desespero.

Para começar, toda essa confusão em nada afeta os concursos estaduais ou municipais. Então, considerando que o Brasil tem 26 estados, o Distrito Federal e mais de 5 mil municípios, são muitas oportunidades em todas as áreas. Podem sair concursos para as áreas de educação, saúde, segurança, administrativa, para câmaras de vereadores e assembleias legislativas, enfim, para um leque considerável de perfis de cargos.

Confira a matéria clicando aqui

_

qua 16 set/2015

Saiba quais são os direitos das pessoas com deficiência em concursos – Lia Salgado no G1

D009_Lia_Salgado_G1_08-09-2015esde a Constitutição de 1988 vem sendo consolidado um cuidado especial aos portadores de deficiência para que tenham acesso aos mesmos direitos e garantias que as outras pessoas. É o “tratamento desigual aos desiguais”, para que possam atingir a igualdade que determina a Constituição.

A lei 7853/89 deu os comandos gerais e o Decreto 3298/99 detalhou como seria a proteção aos portadores de deficiência. O percentual mínimo de 5% a ser reservado em concursos públicos para cargos cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência.

 

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

ter 08 set/2015

Dinamometria? – Elon Junior

Acredito que poucos candidatos que prestam concursos para área da segurança pública ou militar e serão submetidos as Testes de Aptidão Física, tenham ouvido falar desta palavra: dinamometria. Geralmente ouvimos falar de flexão, barra, abdominal, corrida de velocidade, corrida de resistência, natação, salto de impulsão horizontal, entre outros, não é mesmo?

Mas, se você tem pretensão em participar dos concursos dos Correiros (ECT) e da Liquigás, fique atendo, pois na segunda fase do certame (o TAF), esta avaliação será cobrada.

Os candidatos deverão ter uma atenção especial para estes testes, pois não existe muito contato com os equipamentos (Dinamômetro: Manual, dorsal e Escapular) em locais de treino, o que impossibilita trabalhar especificidade, um dos fatores de maior importância para sua aprovação.

A dinamometria é um método de aferição da capacidade estática de resistência dos músculos, aferindo a força máxima da região corpórea desejada (antebraço, lombar e para vertebral).

dinamometriaOs testes não são muito exigentes – porém, é preciso fazer o reconhecimento deles durante o treino para não somente ter o ganho de performance nas valências físicas exigidas, mas para criar a memória muscular do movimento (biomecânica). Muitos candidatos com a capacidade física apurada ficam reprovados por não executarem corretamente o exercício da forma exigida no edital.

Este concurso (ECT), é um dos poucos dos quais tenho conhecimento que planejou seus testes em relação a função dos seus futuros funcionários. Os correios têm um estudo prévio com os colaboradores atuais da empresa e correlacionaram atividades com patologias clínicas inerentes ao cargo. Portanto, os testes e índices exigidos minimizam estas lesões que, em sua maioria, apresentam-se na região do ombro.

Elon Junior

Elon Junior é subtenente do CBMERJ, Coach Físico para Concursos, palestrante e autor do livro “Preparação Física para Concursos

www.elonjunior.com.br

_

qui 03 set/2015

Comissionados crescem, mas concurso público é a opção mais segura – Lia Salgado no G1

009_Lia_Salgado_G1_-01-09-2015A pesquisa “O Perfil dos Estados e Municípios Brasileiros 2014” do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na semana passada, mostrou aumento no número de servidores municipais comissionados e sem vínculo empregatício. Entre os funcionários sem vínculo, o crescimento foi de 13,4% para 18,7% entre 1999 e 2014, já entre os comissionados, o aumento foi de 7,7% para 8,4% de 2004 a 2014.

A notícia causa estranheza, uma vez que cargos comissionados deveriam estar restritos às funções de direção e gerenciamento que, em qualquer estrutura profissional, devem ser em número bastante menor do que os de execução – sejam eles analistas, técnicos ou outros de menor complexidade.

Acrescente-se a isso o fato de que os comissionados são cargos preenchidos por indicação, e mantém o funcionário dependente de quem o colocou ali, ao contrário dos cargos efetivos, preenchidos democraticamente por quem comprova conhecimento suficiente para ocupá-lo, ou seja, por concurso público.

Confira a matéria clicando aqui

_

ter 01 set/2015