Subvertendo o tempo

Mais de uma pessoa já disse que o meu dia tem 48 horas. Parece que tem mesmo, apesar de eu lamentar por não poder ainda viver em ritmo mais lento.

O dia começa às 10 para as 6 da manhã (com direito a 2 sonecas, que não sou de ferro… rs) e só acaba perto das 9 da noite. Sem intervalo comercial.

E, pelo que observo, aí está a grande diferença: não crio um grande intervalo entre uma atividade e outra. Até porque, se fizer isso, o sangue esfria e o cansaço toma conta. Então, chego do trabalho, como alguma coisa, troco a roupa e vou para a academia. Volto, tomo banho, janto e vou responder aos e-mails ou vou pesquisar o tema da coluna, ou vou estudar.

Claro, há dias em que “chuto o balde” e encerro tudo cedo. Desde que não tenha compromisso com prazo vencendo.

O fato é que consigo trabalhar na prefeitura, fazer atividade física, cuidar do blog, do face, da coluna do G1, estudar.
E ter algum lazer…

É um exercício permanente de foco e determinação. Para isso, é preciso fazer escolhas: o que é realmente importante? O que preciso fazer para chegar onde quero?

E estar plenamente presente em cada atividade, inclusive no lazer. Só assim conseguimos ser produtivos e não nos despedaçamos ao longo do dia.

tempo_concursos____________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

● Coluna da semana no G1: ”Orçamento da União prevê até 45.582 vagas para 2015

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos

 

qui 30 abr/2015

Lia Salgado no G1 – 28/04/2015

Orçamento da União prevê até 45.582 vagas para 2015

009_Lia_Salgado_G1_28-04-2015Foi publicado finalmente, na última quarta-feira (22), o orçamento da União para o ano de 2015 – Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA). Este é o primeiro passo para que as autorizações de concursos federais possam ser liberadas. Claro que não isso não vai acontecer de forma imediata, mas a observação cuidadosa do anexo V da Lei já permite ter uma ideia do que poderemos ter pela frente: até 45.582 vagas.

A propósito, vale dar uma olhada em toda a lei, para conhecer concretamente um tema que é objeto de estudo em muitos concursos públicos.

Confira a matéria clicando aqui

ter 28 abr/2015

Lia Salgado no G1 – 22/04/2015

Só tem os finais de semana para estudar para concurso? Saiba o que fazer

009_Lia_Salgado_G1_22-04-2015Na coluna em vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado dá dicas para quem tem pouco tempo para se preparar para as provas. Ela também responde dúvida sobre acréscimos no salário de servidores que tenham pós-graduação.

“Pretendo fazer o concurso da Polícia Civil e não disponho de tempo, pois trabalho em período integral e faço faculdade à noite, ou seja, só tenho os fins de semana livre. Há alguma forma para otimizar meu tempo durante a semana para me dedicar ao estudo?”, pergunta Ismeury Silva.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

qua 22 abr/2015

Reflexões | Corrupção

corrupcao_

Outro dia, num almoço de família, um de meus filhos contou uma história curiosa. Disse que, quando era pequeno, uma vez “se aliviou” na lagoa em São Pedro D’Aldeia (RJ).  Veio me contar. E eu disse que ele ia ter de catar sua “obra”, porque não podíamos deixar ali, no lugar onde as pessoas tomavam banho. Arranjei um jornal e fui com ele cumprir a missão.

Eu não me lembrava do fato, mas acho que é bem a minha cara. Talvez seja um pouco radical, mas prefiro assim.

Há poucos dias, outro filho fez uma compra no mercado. Achei o valor baixo e pensei que ele não teria trazido o que costumamos comprar na semana, por algum motivo. Ele disse que comprou tudo. Quando verifiquei a nota, percebi que não cobraram as carnes. Ele voltou ao mercado, e foi difícil para o gerente compreender que não era uma reclamação – tinha retornado apenas para que o mercado pudesse cobrar o que era devido.

Ando muito triste com o que tem sido noticiado sobre corrupção, bandalheiras e jeitinhos no nosso país. Mas não acredito que isso seja de agora. Sabemos que não. Não sei em que escala, mas era algo comum e nem virava notícia. Além disso, ninguém era preso. Não sou polícia para investigar nem juiz para julgar, mas tenho a sensação de que está sendo exposto algo que sempre aconteceu e que as pessoas faziam de conta que não sabiam.

A parte ruim é que os capítulos diários dessa novela, que já dá mais ibope do que muitas outras da TV, não estão exatamente causando uma comoção dentro de cada um. O que assisto são pessoas trepadas em pedestais e acusando raivosamente outras, como se destruir o outro fosse a salvação do país. Caramba, não estamos todos no mesmo barco? Ou então, acordos são feitos de parte a parte, não para limpar a sujeira, mas para protegê-la.

Acho importante que a gente se responsabilize pelo que faz e respeite os outros. E é isso o que sempre ensinei aos meus filhos, não com grandes discursos, mas com pequenas atitudes.

P.S: Cabe ressaltar que muito do que tem sido apurado se deve aos servidores públicos concursados do Ministério Público, da Polícia Federal e do judiciário.

____________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

● Coluna da semana no G1: ”Aprenda a controlar a ansiedade nas provas de concursos públicos”

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos

qui 16 abr/2015

Lia Salgado no G1 – 14/04/2015

Aprenda a controlar a ansiedade nas provas de concursos públicos

G1 14-04-2015

Quase tudo o que se pode dizer a respeito dos concursos públicos tem um único objetivo: o dia da prova. É ali que todo o esforço será coroado – ou não. Uma postura tranquila e inteligente naquelas horas ou uma atitude caótica e desesperada podem definir o resultado de alguns anos de trabalho.

Claro que sempre haverá mais um concurso, e o comportamento durante a prova também pode ser amadurecido. E quem ainda não estiver pronto nesse dia não deve entrar em desespero. Vale fazer o melhor possível e aproveitar a experiência para dar sequência aos estudos.

Vamos agora aos cuidados que devem ser adotados, cronologicamente, para diminuir a tensão.

Confira a matéria clicando aqui

ter 14 abr/2015

Lia Salgado no G1 – 07/04/2015

Nos estudos para concurso, vale a pena resumir as leis?

009_Lia_Salgado_G1_07-04-2015Na coluna em vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado dá dicas para estudar legislação e também responde dúvidas sobre como organizar um plano de estudos. Ela explica qual é o melhor momento para fazer provas de concursos anteriores e dá sugestões para se preparar para a redação.

Como estudar as leis

“Qual a melhor maneira de aprender o Direito Previdenciário sem fazer os resumos?”, pergunta Telesmarques Pezzin. Ele diz que a matéria é muito grande e tem dificuldade para resumir as leis.

Lia diz que estudar Direito é muito complicado, porque a disciplina tem muitos detalhes. Segundo ela, realmente não vale a pena fazer resumo de leis. O ideal é sublinhar os principais tópicos e fazer quadros, sempre que for possível, para organizar melhor as informações.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui

ter 07 abr/2015