Dicas de Filmes 09 – Pequena Miss Sunshine

Salve, Salve, Concurseiros!

Que tal um filme diferente hoje?

miss sunshine

Pequena Miss Sunshine

Sinopse: 

Olive (Abigail Breslin) é uma menina que vive em uma família completamente desajustada. Seu pai está à beira da falência. Seu irmão é um adolescente praticante de greve de silêncio. Seu tio é um professor recém-saído do manicômio, onde foi internado por tentar cometer suicídio. Seu avô é um senhor um tanto ou quanto peculiar, que realiza ‘atividades suspeitas’. Em meio a todos esses problemas, Olive decide participar de um concurso de beleza do outro lado do país. A família então decide realizar essa viagem – em uma kombi velha – que tem o potencial de mudar a vida de toda a família.

Indicado para:

Quem quer ver um filme único.

Com um baixíssimo orçamento (apenas US$ 8 milhões) e uma trilha sonora impecável, Pequena Miss Sunshine é daqueles filmes difíceis de se definir em apenas um gênero. O filme pode te levar às lágrima e, no espaço de um segundo, te fazer soltar aquela gargalhada. A impressão que o filme deixou pra mim foi a de que todos nós somos estranhos, desajustados. Quem realmente se sente uma pessoa normal? Aliás, o que seria uma pessoa normal? O importante é respeitarmos as diferenças e procurarmos nos divertir enquanto estamos nessa aventura chamada ‘vida’. E é isso o que a família de Olive realiza nessa obra de arte que ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante para a pequena Abigail Breslin.

Ficha Técnica

Título Original: Little Miss Sunshine

Origem: EUA, 2006

Duração: 102 minutos

Direção:   Jonathan Dayton e Valerie Faris

Roteiro:  Michael Arndt

Elenco: Steve Carell, Toni Collete, Creg Kinnear, Abigail Breslin

Pedro_MeloPedro Melo é produtor e cinéfilo.

_

sex 28 mar/2014

Fases da Preparação

fases

Uma analogia que também considero adequada aos concursos públicos é o vídeo game. Desculpem, mas isso faz parte da minha vida: meus quatro filhos são homens…

Em primeiro lugar, quando se inicia um jogo novo, não há ideia de como fazê-lo. Entretanto, este fato não intimida o jogador, que segue se divertindo, enquanto se familiariza com a trajetória. Também o concursando iniciante se depara com um mundo totalmente novo, com regras e códigos próprios. Até mesmo a linguagem utilizada tem suas peculiaridades. É uma boa estratégia encarar a situação com leveza e curiosidade, como se estivesse diante de um novo jogo.

O vídeo game apresenta fases preestabelecidas e o jogador terá de vencê-las, uma a uma, para seguir adiante. O jogo dos concursos também tem fases bastante previsíveis. Assim, muitas apreensões existem apenas em razão do desconhecimento das etapas da trajetória que leva à aprovação. O que é absolutamente natural, já que não há como conhecermos um caminho antes de passarmos por ele.

Fase 1 – a dúvida

Insatisfação com a perspectiva profissional: desemprego ou baixo salário e sem qualidade de vida. Alguém fala em concurso público; pensamos naquele amigo servidor, que parece estar muito bem de vida, vamos à banca e compramos um jornal de concursos. Visão do paraíso na Terra: bons salários, segurança, estabilidade. Telefonamos para alguns cursinhos e decidimos: vamos tentar!

Fase 2 – o início

No primeiro dia de aula (alguns preferem estudar sozinhos, em casa, mas penso que isso torna as coisas um pouco mais difíceis), estamos motivados, empolgados, já nos imaginamos servidores. Começam as matérias e… as dificuldades. Olhamos em volta e nos sentimos totalmente diferentes dos outros. Parece que todos ali têm facilidade no entendimento e assimilação do conteúdo, têm tempo livre para estudar, dinheiro para livros, e nenhum problema. Se pudéssemos saber um pouquinho dos outros, descobriríamos que cada um tem a sua dificuldade e são todas bem reais. A maior delas não é a falta de dinheiro, ou doença na família, ou problemas de concentração. A maior dificuldade… é a nossa. Claro! É esta que teremos de enfrentar.

Fase 3 – a caminhada

Começamos a perceber que é necessário encontrar uma organização para o estudo. Descobrimos a dificuldade de conciliar o estudo e a manutenção de várias matérias ao mesmo tempo. Sugiro que olhe para elas como se fossem jogadores do time e você é o treinador. Precisamos encontrar uma forma de trabalhar com todos eles ao mesmo tempo. Para isso, é importante fazer o planejamento mensal, com horários e matérias a serem estudadas. Procure treinar todos os jogadores a cada semana ou, na pior das hipóteses, a cada quinzena, para que eles não enferrujem. Claro que não vai esgotar o conteúdo de cada matéria a cada semana. Vai estudar dentro do horário estipulado, uma parte a cada vez.

Fase 4 – a pressão e o medo

Reclamações da família e amigos, medo de falhar, vontade de desistir. Tudo normal e dentro do esperado. A pressão aumenta na proporção do avanço da estrada. Quanto mais caminhamos, maior a cobrança – nossa e dos outros. Já é uma etapa avançada, de quem está chegando perto da vaga. Estamos há mais tempo “longe de casa”, mais cansados. Nada mais natural. Mas, por isso mesmo, falta muito menos do que faltava. Portanto, resista e siga adiante.

Fase 5 – a dor

Não é obrigatória, mas acontece com muita gente: “bater na trave”. Quase passamos. Dói muito. Mais do que quando somos reprovados bem longe das vagas. Foi o momento em que eu fraquejei e desisti. Conheço vários casos parecidos. Fique tranquilo. Você está quase lá mesmo. No próximo concurso, quem sabia mais do que você, passou no anterior e saiu da sua frente. Alguns desavisados – não leram essa coluna – desistiram por causa do insucesso naquela prova. Você seguiu na preparação. A próxima vaga é sua!

Vale lembrar que, no vídeo game, as fases apresentam grau de dificuldade cada vez maior, até que o jogo possa ser “zerado”. Durante esse percurso, o jogador “ganha bônus, vida, ou força”, conforme o estilo do jogo e, por outro lado, pode “morrer” muitas vezes até conseguir passar de fase. Sempre achei muito interessante a reação dos meus meninos quando perdiam uma fase. Alegremente, reiniciavam o jogo para tentar mais uma vez. Não percebia, ali, qualquer vestígio de sensação de fracasso. Considero uma atitude bastante saudável e extremamente útil para os concurseiros. Existem, sim, momentos muito difíceis nessa estrada. Mas eles podem e devem ser enfrentados com naturalidade. Eventuais tropeços fazem parte do jogo e a única coisa a fazer é respirar fundo e reiniciar a partida. Afinal, a cada vez temos mais conhecimento, mais maturidade e compreensão de como as coisas funcionam nesse mundo dos concursos. Mais alguns passos e conquistará a aprovação e uma nova vida!

fases preparação

______________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

● Coluna da semana no G1 (em vídeo) : ”Tire dúvidas sobre os concursos da Caixa e Petrobras”

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos – à venda na Saraiva

 

qui 27 mar/2014

Erros Públicos 09

Conseguiu encontrar os erros de nosso último desafio?

Erros Públicos 08

meio dia_correcao

Correção:

É meio-dia e meia.

____________________________________________________________________

E vamos ao Erros Públicos 09:

comprimento

 

Deixe sua resposta nos comentários!

Encontro você na próxima semana para a correção.

 

qua 26 mar/2014

Lia Salgado no G1 – 25/03/2014

Tire dúvidas sobre os concursos da Caixa e Petrobras

G1 25--03-2014

Na coluna de vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado responde perguntas dos intenautas sobre os concursos da Caixa Econômica Federal, que tem prova marcada para o dia 30 de março, e da Petrobras, com prova prevista para 18 de maio..

Confira a matéria clicando aqui 

___________________________________________

ter 25 mar/2014

Dicas de Filmes 08 – À Espera de um Milagre

Salve, salve, concurseiros!

Hoje, voltaremos à esfera dos filmes mais densos, obras de arte emocionantes mas não tão ‘digestivas’ assim:

espera de um milagre

À Espera de um Milagre 

Sinopse: 

O filme se passa em 1935. Paul Edgecomb (Tom Hanks) é o chefe da guarda de uma prisão onde se encontra o “corredor da morte” – local onde as pessoas aguardam para cumprir sua sentença na famigerada cadeira elétrica. Um desses prisioneiros, chamado John Coffey (Michael Clarke Duncan), apesar de sua aparência serena e ingênua, está lá por ter sido acusado de cometer um crime mais que bárbaro. Ao conhecer o prisioneiro, Paul vai descobrindo aos poucos, devido a fatos mostrados ao longo da história, que talvez John Coffey possua poderes misteriosos.

Indicado para:

Quem quer assistir a uma história densa e se emocionar um bocado.

Este filme  é uma das provas da versatilidade do escritor Stephen King. Apesar do que muitos acham, o autor não escreveu apenas obras de terror como “O Iluminado” e “Carrie, a estranha”. O livro (Green Mile, no original) que deu origem ao filme, é uma das maiores provas que Stephen também escreve histórias belas e emocionantes. À Espera de um Milagre, apesar de triste em sua essência, é um filme que diz muito sobre fé, amizade e, principalmente sobre como não devemos julgar as pessoas de forma  precipitada.

Ficha Técnica

Título Original: The Green Mile

Origem: EUA, 1999

Duração: 188 minutos

Direção:   Frank Darabont

Roteiro:  Stephen King (original) e  Frank Darabont (adaptação)

Elenco: Tom Hanks, Michael Clarke Duncan, David Morse, Sam Rockwell

Pedro_MeloPedro Melo é produtor e cinéfilo.

_

sex 21 mar/2014

Entrevista para a Folha Dirigida

Nesta entrevista, Lia Salgado dá dicas de como escolher o concurso certo e como iniciar os estudos para alcançar a tão sonhada aprovação, além de citar cuidados necessários para evitar erros comuns de concurseiros.

______________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

● Coluna da semana no G1 (em vídeo) : ”Veja dicas para otimizar o tempo ao resolver provas como a da Caixa”

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos – à venda na Saraiva

qui 20 mar/2014

Erros Públicos 08

Conseguiu encontrar o erro de nosso último desafio?

Erros Públicos 07

Entrega a domicílio

Correção:

Entrega em domícilio.

____________________________________________________________________

E vamos ao Erros Públicos 08:

meio dia_

Lembrando que são dois erros na imagem.

Deixe sua resposta nos comentários!

Nos encontramos na próxima semana para a correção.

 

qua 19 mar/2014

Lia Salgado no G1 – 18/03/2014

Veja dicas para otimizar o tempo ao resolver provas como a da Caixa

Concurso Caixa

A coluna de hoje é dedicada aos quase 2 milhões de candidatos que vão fazer prova para a Caixa Econômica Federal no próximo dia 30. E também a todos os outros candidatos de todos os outros concursos que têm, no dia da prova, a única chance de conquistar a sua vaga.
Claro que todos desejam a aprovação como resultado – afinal, prova é prova e é ali que tudo se decide

Confira a matéria clicando aqui 

___________________________________________

ter 18 mar/2014

Esteroides Anabolizantes Para Teste Físico

Anabolizantes

Com a proximidade da avaliação física, muitos candidatos, principalmente os que não treinaram adequadamente, recorrem aos esteroides anabolizantes e a suplementos para superação das metas-índices exigidos pela instituição, através do teste de avaliação física.

Para piorar este cenário, os aprovados que aderem a esta prática são orientados por pseudo-treinadores, ou seja, praticantes de atividade física que também utilizam este artifício para ter ganho de performance, além de burlar o concurso nesta fase.

O uso desta substância (anabolizantes) gera inúmeros efeitos colaterais e, se acrescido ao consumo das drogas, ao incluirmos a pressão do dia do teste, esforço no submáximo da avaliação e temperatura elevadas, potencializa o risco de morte.

Os suplementos, se não indicados por um nutricionista, também podem trazer consequências desastrosas, principalmente a um grupo que é considerado de alto risco, que são os diabéticos. Tenho relato de candidatos que contraíram reação alérgica, consumindo um suplemento conhecido e consumido por muitos, que é a maltodextrina.

Caso você esteja na expectativa de ser avaliado em um teste físico para concursos, opte sempre pelo treinamento antecipado, pois esta postura lhe trará ganho de desempenho de maneira segura. E, caso o profissional de educação física perceba que há a necessidade de acrescentar algum recurso ergogênico, deverá indicar um nutrólogo ou médico para prescrição, conforme seu perfil e necessidade.

Mesmo que falte pouco tempo para a prova e você ainda não tenha iniciado seus treinos, não se desespere! Procure um especialista em preparação física para concursos, pois esse profissional lhe passará as técnicas de cada exercício, para que você tenha um maior ganho de performance, com um dispêndio de energia menor, além de criar estratégia de aprovação, potencializando sua maior competência.

Por fim, desejo a todos, bons treinos e sucesso no Teste Físico do seu concurso.

Forte abraço.

Elon JuniorElon Junior é subtenente do CBMERJ, Coach Físico para Concursos, palestrante e autor do livro “Preparação Física para Concursos

www.elonjunior.com.br

_

seg 17 mar/2014

Dicas de Filmes 07 – À Procura da Felicidade

Salve, salve, concurseiros!

Como foram de carnaval? Espero que tenham ‘pegado leve’. É tempo de fazer alguns sacrifícios para que os carnavais do resto da sua vida sejam de muita fartura!

Pois bem, vamos ao filme de hoje, que fala justamente sobre estes assuntos: sacrifício e um futuro melhor:

A Procura da Felicidade

À Procura da Felicidade 

Sinopse: 

Chris Gardner (Will Smith) é um homem financeiramente falido. Mesmo fazendo de tudo para manter sua família unida, sua mulher (Thandie Newton) decide deixá-lo. Pai solteiro, com um filho de apenas cinco anos de idade e sem renda alguma, Chris resolve utilizar suas habilidades de vendedor para obter algum dinheiro. Sua tentativa é totalmente frustrada, pois os produtos que tenta vender são aparelhos médicos, obsoletos e de altíssimo custo. Chris consegue então um estágio em uma importante corretora de ações. No entanto, seu trabalho não é remunerado e seu sonho é que ao final deste programa de estágio ele possa ser contratado e tenha um futuro na empresa. Sem dinheiro, ele é despejado de sua casa e, ao longo desse período, é obrigado a passar os dias – e as noites – com seu filho nas ruas, dormindo em banheiros públicos, estações de metrô e onde mais conseguir.

O filme é baseado em uma história real.

Indicado para:

Quem está buscando motivação.

Qual concurseiro não está passando por problemas financeiros? Qual nunca sentiu desespero por achar que as coisas nunca darão certo? Quem, ao longo da batalha, não sentiu vontade de desistir por achar impossível conquistar seu sonho?

É essa a lição que o filme passa. Vale reservar duas horas do seu fim de semana para assisti-lo. Talvez você perceba que seus problemas não são insuperáveis e que você forças para alcançar seu objetivo. Aqui vai uma passagem do filme que me marcou muito e exemplifica bem o que quero dizer:

“Não deixem que o façam pensar que você não é capaz de fazer algo porque essa pessoa não consegue fazer. Se você deseja alguma coisa, se quer realmente, lute por isso e ponto final. Você tem que sonhar e proteger o seu sonho.” 

Ficha Técnica

Título Original: The Pursuit of Happyness

Origem: EUA, 2006

Duração: 118 minutos

Direção:  Gabriele Muccino

Roteiro:  Steve Conrad

Elenco: Will Smith, Jaden Smith, Thandie Newton

Pedro_MeloPedro Melo é produtor e cinéfilo.

_

sex 14 mar/2014

Pedras e Vitórias

Você sabia que Santos Dumont, pai da aviação, quando foi fazer seu primeiro experimento público –voar num balão dirigível- em Paris, com toda a imprensa da época no local, viu seu balão ficar agarrado a uma árvore logo na tentativa de subida?

Você sabia que a J.K. Rolling, autora dos livros do Harry Potter, apresentou os originais escritos a 12 (acho que foi isso) editoras e todas recusaram?

Você sabia que a Lia Salgado sofreu 3 reprovações e chegou a desistir de fazer concursos porque achava que nunca seria aprovada?

Quantos inventores foram ridicularizados em suas experiências, até conseguirem provar teorias inovadoras e que revolucionaram diversos campos da ciência e do saber?

E poderíamos aqui ficar falando de tantas pessoas de sucesso, que amargaram tropeços e constrangimentos até chegarem aonde desejavam.

Se fizéssemos um corte em cada história, logo antes da vitória, o que será que vocês pensariam de cada uma dessas pessoas? Fracassadas?

E quantas pessoas conhecemos que tentaram algo, mas ficaram pelo caminho quando encontraram dificuldades? Foram problemas reais e não poderíamos condená-las por terem desistido de seus projetos…

Parece que a diferença entre quem vence e quem não vence não é a quantidade nem o tamanho das pedras que encontraram pelo caminho, mas o que fizeram com elas…

E você, o que você vai escolher: uma boa justificativa para ficar onde está ou vai seguir adiante, com ou sem pedras no caminho?

Pedra no Caminho______________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

● Coluna da semana no G1 (em vídeo) : ”Veja dicas de estudo e tire dúvidas sobre o concurso da Petrobras”

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos – à venda na Saraiva

 

qui 13 mar/2014

Erros Públicos 07

Conseguiu encontrar o erro de nosso último desafio?

Erros Públicos 06

Aluga-se

 

 

 

 

 

 

 

 

Correção:

Alugam-se apartamentos.

___________________________________________________________________

E vamos ao Erros Públicos 07:

Entrega a domicílio

 

Nos encontramos na próxima semana para a correção.

 

qua 12 mar/2014

Lia Salgado no G1 – 11/03/2014

Veja dicas de estudo e tire dúvidas sobre o concurso da Petrobras

 G1 11-03-2014Com 1.232 vagas, salário de R$ 3.400 para nível médio, e R$ 7.500 a R$ 8.000 para nível superior, o concurso da Petrobras, cujo edital foi publicado no dia 20 de fevereiro, fez muita gente reprogramar suas atividades no carnaval.

Confira a matéria clicando aqui

___________________________________________

ter 11 mar/2014

Desculpas de Concurseiro

Olá, concurseiros!

Estive ‘garimpando’ minhas entrevistas e matérias antigas. Além de perceber que estou nesta empreitada de auxiliar os concurseiros há mais de dez anos (ufa!), também construí um excelente acervo que irá facilitar a caminhada de vocês. Resolvi então começar a postar, quinzenalmente, tais matérias aqui no blog.

A de hoje fala sobre algumas das principais desculpas dadas pelos concurseiros, e que dificultam o início e o andamento dos estudos. Clique nas imagens para ampliar:

Papo_de_Maratonista_14_01Papo_de_Maratonista_14_02

___________________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

● Nova edição do meu livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos – à venda na Saraiva

qui 06 mar/2014