Lia Salgado no G1 – 29/07/2014

Tire suas dúvidas sobre a preparação pro INSS

G1 29-07-2014

Na coluna de vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado tira dúvidas sobre o concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ainda não teve o edital publicado. Ela responde pergunta de internauta que quer estudar para a prova do INSS enquanto se prepara para outra da área fiscal. Lia indica ainda as melhores fontes sobre legislação e os materiais adequados para quem estuda sozinho.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui 

 

qui 31 jul/2014

Lia Salgado no G1 – 22/07/2014

Ainda não conseguiu passar em concurso? Descubra o motivo

G1 22-07-2014

Muitos candidatos enfrentam o mesmo drama de um internauta que escreveu para o G1 contando que fez mais de 20 concursos públicos em 3 anos e ainda não conseguiu ser aprovado em nenhum.

“Em setembro de 2011 pedi demissão de um grande banco brasileiro, onde exercia o cargo de gerente de relacionamento, para estudar para concurso. Minha esposa já é concursada, está grávida e estou na batalha há quase 3 anos.Já fiz mais de 20 mil questões, quase 25 concursos e não consegui classificação. As pressões externas e a sensação de fracasso são o que mais pesa atualmente, e minhas forças e vontades já não são mais as mesmas. Estou realmente pensando em desistir, pois eu mesmo não estou conseguindo mais me motivar. A fila anda… mas a minha vez não chega. O que faço?”, relatou.

Confira a matéria clicando aqui 

qui 24 jul/2014

Dicas de Filmes 16 – Prenda-me Se For Capaz

Salve, Salve, Concurseiros!

Após um tempo fora estou de volta com minha coluna. A dica é diversão certa pro seu fim de semana. Espero que gostem!

prenda me se for capaz

Prenda-me Se For Capaz

Sinopse:

Frank Abagnale Jr. (Leonardo DiCaprio) é um jovem de 17 anos que vê sua família ruir após a separação dos pais. Sua mãe, mesmo antes do divórcio já apresentava um comportamento um tanto quanto inadequado e, seu pai se mostrava um empreendedor falido com um discurso derrotista. Para não ficar no meio da briga dos dois, Frank decide ‘cair no mundo’. É então que ele se descobre um gênio da falsificação. Antes de completar 21 anos o jovem já havia trocado mais de 2,5 milhões de dólares em cheques falsos e também já tinha se passado por piloto de avião, médico e advogado. Com tantas ‘atividades’ realizadas, o jovem começa a levantar suspeitas. É então iniciada uma caçada por parte do FBI, encabeçada pelo agente Carl Hanratty (Tom Hanks) – com quem Frank desenvolve uma relação peculiar. O filme é baseado em fatos reais.

Indicado para:

Quem gosta de aventuras.

Esse é um filme bem divertido. Apesar de não ser um daquele títulos ‘bobos’, também não é o tipo de longa metragem que exija muito esforço intelectual para ser compreendido. Leornardo DiCaprio já demonstra aqui sinais de que se tornaria um excelente ator – como acontece quando se inicia sua parceria com Martin Scorcese. Boas gargalhadas, excelentes diálogos e um ótimo ritmo são os ingredientes que fazem do filme uma boa escolha para quem quer um filme light mas de muito qualidade.

Ficha Técnica

Título Original: Catch me If You Can

Origem: EUA, 2002

Duração: 141 minutos

Direção: Steven Spilberg

Elenco: Leonardo DiCaprio, Tom Hanks, Christopher Walken

Pedro_MeloPedro Melo é produtor e cinéfilo.

 

 

 

_

sex 18 jul/2014

Cicatrizes de Coragem

298804_10151350369259705_1912673244_n

Um momento delicado da preparação para concursos públicos é quando não há um edital publicado. Pode acontecer por conta de uma reprovação que nos surpreenda no meio do caminho – o jeito é retomar a preparação e aguardar a próxima oportunidade. Acontece também quando iniciamos o estudo com antecedência e ficamos aguardando a publicação de um bom edital para a área escolhida.

Nas duas situações encontramos o mesmo panorama: precisamos encontrar motivação para seguir no estudo, dia após dia. O que dificulta é o fato de que o concurseiro precisa investir tempo que não tem, dinheiro que não tem, para conquistar algo que, naquele momento, ainda não consegue visualizar.

A questão é que esse é um tempo de extrema importância se queremos estar na frente quando o edital for efetivamente publicado. Quando a mídia divulga as notícias de um concurso, com salários estampados em letras enormes, uma multidão se anima e corre para estudar. É aí que fica clara a vantagem de quem teve disciplina e manteve uma rotina de estudos antecipadamente. Quando vem o edital, basta fazer os ajustes necessários quanto ao que houver de surpresas e dar continuidade à manutenção do conteúdo que já estava sendo estudado e que já estará bem sedimentado. A diferença na qualidade e consistência de conhecimento desses concurseiros fica evidente na hora da prova. O conhecimento muito novo é volátil, temos mais dificuldade de manusear as informações ao nos depararmos com as questões. A matéria estudada com antecedência permite maior segurança na análise das questões. Isso permite uma serenidade importante na resolução da prova. É a maturidade de quem vem caminhando há tempos e sabe o que o espera.

O contrário – paralisar a rotina de estudos quando não há edital -, causa um efeito muito ruim. Assemelha-se à subida de uma duna de areia: quando paramos de subir, não permanecemos no mesmo lugar; escorregamos lentamente morro abaixo. O que é um dano gravíssimo para quem está na maratona dos concursos públicos, porque perdemos posições na fila e ficamos mais longe da vaga. O conhecimento precisa ser constantemente exercitado para não cair no esquecimento. Exemplo disso é quando aprendemos uma segunda língua, mas não a exercitamos regularmente. Com o tempo, vamos esquecendo o que em outro momento foi tão natural.

Então, como resolver o impasse? Em primeiro lugar, lembrar que, mais cedo ou mais tarde, virá o edital. Naquela hora, nos arrependeremos amargamente pelo tempo perdido. E o tempo escoa rapidamente. Quando percebermos, meses inteiros poderão ter passado sem que nada fizéssemos em favor do nosso projeto. Outro fato importante a lembrar é o que será a vida depois da aprovação: o que conquistaremos, como será o nosso dia a dia. Buscar materializar com mais clareza o futuro desejado ajuda a motivar. E, a providência prática mais eficaz é fazer o planejamento de horários e matérias a serem estudados. Traga o problema para o “seu campo de atuação”: defina dia, hora e matéria para sair da inércia. Defina o treino e comece.

O caminho a ser trilhado até a vaga é bastante árduo e pode apresentar sérias dificuldades. É assim com a maioria dos concurseiros. Cada um tem a sua história e precisará ser firme para superar as pedras que surgirem.

Mas a aprovação é um fato e somente uma questão de tempo para quem faz o trabalho necessário. Depois de romper a faixa de chegada e ocupar seu lugar de servidor público, dificuldades e possíveis reprovações serão apenas cicatrizes das batalhas travadas e da coragem de ter seguido até a vitória. Todos os dias da vida serão dia de comemorar.

Então, faça o melhor que puder a cada dia e aguarde os resultados. Eles virão.

_____________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

 ● Coluna da semana no G1: ”Veja dicas para preparar o local ideal de estudos para concursos”

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos – à venda na Saraiva

 

qui 03 jul/2014

Lia Salgado no G1 – 02/07/2014

Veja dicas para preparar o local ideal de estudos para concursos

02-07-2014Todos que se preparam para concursos públicos sabem que são necessárias muitas e muitas horas de estudo. Não há como conquistar a aprovação sem isso, além das aulas, sejam elas presenciais ou virtuais.

Para aumentar a qualidade dessa dedicação e ainda reduzir o esforço, é importante cuidar do ambiente de estudo.

Veja alguns dos principais itens a serem verificados:

qua 02 jul/2014

Aconteceu? Orlando Explica – 4ª Temporada – Programa 17

Ele está de volta!

Orlando explica sobre os acontecimentos mais recentes em todo o Mundo para você ficar atualizado ao fazer as provas de concursos e o Enem.

Orlando explica sobre a guerra no Iraque e seus grupos rebeldes, sobre o resultado das eleições colombianas; a Aliança do Pacífico, a violência contra as mulheres no Mundo, lê as revistas e jornais do Brasil e muito mais.

 

sex 27 jun/2014

Lia Salgado no G1 – 24/06/2014

Por que os candidatos desistem de concursos antes da aprovação?

G1 25-06--2014

Na coluna de vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado responde perguntas dos internautas sobre concursos que exigem nível superior de escolaridade.

Mande dúvidas sobre concursos no espaço para comentários; perguntas selecionadas serão respondidas em coluna quinzenal

Veja o vídeo ao lado

 

qua 25 jun/2014

Fique tranquilo, Concurso Público é democrático!

Que os concursos públicos são uma forma bastante democrática de acesso a uma vida melhor, com bom salário, segurança e condições de planejar o futuro, isso todo mundo sabe. Mas talvez escape a alguns os diversos aspectos em que a coisa se dá.

O ponto de vista mais óbvio é o da possibilidade de concorrerem pessoas de classes sociais, sexos, origens, estado civil, idades e outras características diferentes em absoluta igualdade de condições, dependendo apenas do seu desempenho na hora da prova.

Mas há outro fato que sempre me chamou bastante a atenção: não há data limite para ser aprovado. Isto significa que cada concurseiro pode se preparar no tempo que for possível, dentro das suas condições de vida. Então, cada um vai trilhar a sua maratona de acordo com o seu ritmo pessoal, que é definido por: disponibilidade maior ou menor de tempo para estudar, possibilidade ou não de ingressar num curso preparatório, dificuldades ou facilidades diante de determinadas matérias, existência ou não de hábito de estudo, entre outras. Assim, nosso atleta tem a chance de intensificar aos poucos sua preparação, sedimentando e aprofundando os conteúdos, amadurecendo a estratégia de prova, até a vitória final, que acontecerá quando ele estiver pronto. Por isso, acho que não vale a pena comparar-se com colegas de empreitada. Afinal, cada um tem a sua história e um diferente conjunto de fatores que interferem na caminhada.

Foi isso o que permitiu que eu, mulher, com certa idade, divorciada, quatro filhos, sem estudar há mais de dez anos e sérias dificuldades nas matérias exatas, ainda assim pudesse ser aprovada, após três anos, num concurso da área fiscal na cidade do Rio de Janeiro. Tenho amigos que passaram com menos tempo de estudo. Outros, que levaram mais ainda. Mas, todos os que seguiram estudando, são hoje servidores públicos. Cada um conquistou a vaga a seu tempo.

Mesmo em termos geográficos, o acesso aos concursos é hoje muito mais democrático. Há alguns anos, havia acentuada predominância dos grandes centros. Notadamente, Rio de Janeiro – por ter sido capital do país e ainda contar com muitos órgãos da Administração Pública, onde se construiu uma tradição de serviço público, e Brasília – por ser hoje a capital administrativa – apresentavam a maior concentração de candidatos bem preparados. Em outros pontos do país pouco se pensava em concurso como possibilidade de emprego. São Paulo, mesmo como grande centro, tem tradição de oferta de postos de trabalho na indústria e nas fábricas, e isso afastava um pouco o concurso público das perspectivas do cidadão.

O que vemos hoje é um interesse crescente por esse mercado. Concurso público está na ordem do dia em jornais, rádios, tvs, internet, sites de notícias. Passou a fazer parte da vida das pessoas. Todo mundo conhece alguém que é servidor ou está-se preparando para. A maioria das pessoas já pensou na possibilidade de se candidatar e deseja informações mais detalhadas. Isso criou um segmento na economia bastante rentável, inclusive. São cursos, editoras especializadas, feiras, que movimentam o mercado e empregam muita gente, não diretamente no serviço público, mas em razão dos concursos.

Acompanhando esse aumento da visibilidade dos concursos vem a tecnologia, trazendo o ensino à distância – seja via internet ou satélite – permitindo que pessoas nos mais distantes pontos do país tenham acesso aos mesmos professores que os candidatos de uma grande cidade. Cada opção oferece vantagens e desvantagens e a escolha deve ser feita conforme o perfil do concurseiro. A internet talvez seja um pouco fria, em razão de o aluno estudar sozinho em casa, sem compartilhar o dia a dia de outros concurseiros (apesar de que também temos fóruns de discussão, que minimizam esse isolamento). Por outro lado, pode-se assistir às aulas no horário mais conveniente para o aluno e não há despesas com transporte, nem gasto de tempo com trânsito e engarrafamentos. Já o ensino via satélite, utilizado por cursos que se multiplicam em franquias pelo país, oferece a vantagem da qualidade da informação de professores experientes localizados em tradicionais pólos de concurso, aliada à convivência em salas de aula, onde a troca de experiências permite que o aluno sinta-se parte de um grupo que tem o mesmo projeto de vida. Isso suaviza um pouco as dificuldades, que são comuns a todos, e potencializa os ganhos.

Atualmente, temos ainda opções gratuitas em sites e blogs especializados que, além de orientações, muitas vezes oferecem aulas sobre diversos conteúdos e questões para treino.

Bons tempos esses, em que existem oportunidades de qualidade, com possibilidades para todos, o que garante efetivamente a democracia no acesso aos concursos públicos.

Aproveite, então, e construa o seu modelo de preparação. Encontre o seu jeito de caminhar para a vitória!

o tempo de cada um

______________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

 ● Coluna da semana no G1 vídeo: ”Por que os candidatos desistem antes da aprovação?”

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos – à venda na Saraiva

sex 06 jun/2014

Lia Salgado no G1 – 03/06/2014

Por que os candidatos desistem de concursos antes da aprovação?

G1 03-06-2014A cada ano, alguns milhões de pessoas iniciam o projeto concurso público. E outro tanto desiste, sem atingir o objetivo. Por quê?

Os fatores que contribuem para isso são, em sua grande maioria, previsíveis, mas nem sempre evitáveis. Se o candidato tiver ciência do que vai precisar enfrentar, talvez possa lidar melhor comas dificuldades, quando surgirem.

Confira as principais causas do desânimo que atinge os interessados em um cargo público clicando aqui.

ter 03 jun/2014

Dicas de Filmes 15 – As Férias de Mr. Bean

Salve, Salve, Concurseiros!

Revi no último fim de semana um filme que sempre achei divertido demais. Resolvi então compartilhar com vocês pois nada melhor que uma hora e meia de risos pra quebrar a pesada rotina de um concurseiro.

bean_disfarce

As Férias de Mr. Bean

Sinopse:

Mr. Bean é um inglês de meia idade cheio de manias peculiares. Apesar de sua habitual falta de sorte, ele sai vencedor de um sorteio, no qual o prêmio é uma viagem para o sul da França. Encantado pela possibilidade de conhecer as praias de Cannes, Bean pega um trem rumo ao seu destino. No meio do caminho, ele conhece um menino que está perdido de seus pais. Os dois tornam-se companheiros de viagem e por onde passam conseguem realizar um feito inacreditável.

Indicado para:

Quem quer rir.

Antes que me atirem pedras dizendo que essa coluna já teve indicações melhores, eu aviso: assistam o filme sem um pré julgamento. Meu irmão precisou de semanas para me convencer a vê-lo. Esse não é aquele Mr. Bean que sempre assistimos na TV. Ele é de certa forma mais leve, ambientado em uma das partes mais belas da Europa e não na cinzenta Londres. Não é um filme incrível, super inspirador. Mas é, de certa forma, bem original e nos apresenta o humor em sua mais pura essência. É simples: assista e dê muitas risadas. Depois voltem aqui para me agradecerem.

Ficha Técnica

Título Original: Mr Bean’s Holyday

Origem: França, Alemanha, Reino Unido, 2007

Duração: 90 minutos

Direção: Steve Bendelack

Roteiro: Hamish McColl, Richard Curtis, Robin Driscoll, Simon McBurney

Elenco: Emma de Caunes, Jean Rochefort, Karel Roden, Max Baldry, Pierre-Benoist Varoclier, Rowan Atkinson, Willem Dafoe

Pedro_MeloPedro Melo é produtor e cinéfilo.

_

sex 30 mai/2014
1 2 3 4 5 11