Dicas de Filmes 16 – Forrest Gump

Salve, Salve, Concurseiros!

Que tal assistir um dos melhores filmes já produzidos?

forrest

Forrest Gump

Sinopse:

Forrest Gump (Tom Hanks) é um garoto diferente. Seu QI baixíssimo, por algum motivo desconhecido, faz com que ele possua uma diferente visão de mundo e se comporte de forma ingênua e bondosa. Contrariando todas as espectativas, Forrest acaba participando de momentos importantes da História dos Estados Unidos. No entanto, seu pensamento sempre esteve voltado para sua única amiga e amor de infância – Jenny (Robin Wright).

Vencedor de 6 Oscar, incluindo melhor filme, ator e diretor de 1995, esta obra de arte está entre os melhores filmes que já ví. A forma como Forrest tem consciência de suas limitações e continua seguindo com sua vida serve de inspiração para todos nós. A grande mensagem do filme é resumida em uma frase dita pela mãe do protagonista em certo momento: “Forrest, nós temos que fazer o melhor possível com aquilo que Deus nos deu”. 

Ficha Técnica

Título Original: Forrest Gump

Origem: EUA, 1994

Duração: 142 minutos

Direção: Robert Zemeckis

Elenco:  Tom Hanks, Robin Wright, Sally Field, Garry Sinise

Pedro_MeloPedro Melo é produtor e cinéfilo.

 

 

 

_

sex 19 set/2014

1ª Jornada da Carreira Pública (RJ) acontece sábado, 20

Folha DirigidaEste sábado, dia 20, será um dia especial, importante e decisivo para quem busca uma vaga no serviço público ou já atua na área. É que ocorrerá das 10h às 20h, na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), localizada no Centro do Rio de Janeiro, a 1ª Jornada da Carreira Pública. O evento, que é uma iniciativa da FOLHA DIRIGIDA, com entrada gratuita, contará com um ciclo de palestras e muitas dicas e orientações para aqueles que buscam um oportunidade de emprego com estabilidade. Para facilitar o ingresso no local, as inscrições para a I Jornada da Carreira Pública podem ser feitas pela internet.

[confira os detalhes clicando aqui]

qui 18 set/2014

Lia Salgado no G1 – 16/09/2014

Estudar matérias básicas do INSS ajuda na preparação para outros concursos

16-09-14Na coluna de vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado responde dúvida de internauta sobre como estudar para um concurso que ainda não teve o edital publicado.
Ela também fala sobre exigências para o cargo de analista administrativo e dá dicas para se preparar para o concurso da Petrobras sem cursinho presencial.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui 

_

 

ter 16 set/2014

Lia Salgado no G1 – 02/08/2014

Veja prós e contras de se preparar para um concurso específico

G1 02-09-2014É muito comum, no mundo dos concursos públicos, que o candidato comece a sua jornada estudando para um processo específico. Em alguns casos, até com edital já publicado. Será que é uma boa estratégia? Veja as vantagens e desvantagens da escolha:

Confira a matéria clicando aqui 

_

 

 

 

 

ter 02 set/2014

Lia Salgado no G1 – 19/08/2014

Tire dúvidas sobre como se preparar para concurso que não teve edital publicado

G1 26-08-2014Na coluna de vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado responde dúvida de internauta sobre como estudar para um concurso que ainda não teve o edital publicado.
Ela também fala sobre exigências para o cargo de analista administrativo e dá dicas para se preparar para o concurso da Petrobras sem cursinho presencial.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui 

_

 

 

ter 26 ago/2014

Eliminação por Atestado Médico – Elon Junior

Uma das exigências para continuar no processo seletivo de um concurso que cobra o Teste de Aptidão Física é a apresentação de um atestado médico.

Hoje em dia uma grande parcela de candidatos são eliminados do processo por não seguirem as instruções contidas no edital. Algumas vezes por não atentar aos detalhes exigidos e outras, o fato do médico não concordar com o formato da obrigatoriedade.

Para entendermos melhor este artigo, abaixo transcrevo os formatos que se apresentam nos editais diversos, a saber:

“… – O candidato deverá comparecer, em data e horário previsto em cronograma anexo, com trajes apropriados para a prática de esporte (inclusive natação), munido de atestado médico original, específico para tal fim, emitido com antecedência máxima de 30 (trinta) dias da data de realização do teste;

… – No atestado médico, deverá constar, expressamente, que o candidato esteja apto para realizar o Teste de Capacidade Física deste concurso e conter data, assinatura, carimbo e CRM do profissional, conforme modelo anexo V:

… – O candidato que deixar de apresentar o atestado médico em conformidade com os itens 11.5 e 11.6 será impedido de realizar o teste, sendo consequentemente eliminado do concurso.

ANEXO V

Atestado

 

Então! Você acha justo ser eliminado do processo, por apresentar atestado fora deste padrão? Por exemplo: Atestado com data superior a 30 dias, ou seja, 33, 40, 60 ou até mesmo 180 dias.

Vale lembrar que está em vigor a LEI Nº 15.527, DE 14 DE FEVEREIRO DE 2012
Altera a redação do art. 2º e acresce os arts. 2º-A e 2º-B à Lei nº 11.383, de 17 de junho de 1993, que dispõe sobre a regulamentação do funcionamento de academias de ginástica, esporte e afins.
“Art. 2º Os estabelecimentos a que se refere o art. 1º desta lei deverão exigir, no ato da matrícula, a realização de exame médico pelo aluno, a ser renovado a cada 6 (seis) meses.” Baseando-se nesta lei, o prazo de validade de um atestado médico assinado pelo profissional da saúde e em consenso geral determina validade de 06 meses.

Outra insatisfação percebida claramente nos candidatos eliminados do processo por apresentarem atestados fora do padrão transcrito no edital, é quando o médico atesta apenas que candidato está apto a praticar atividade física. É isso mesmo, esta declaração não diz que eles está apto a ser submetido ao teste físico. É preciso entender que há um lacuna muito grande entre atividade física e teste físico!
Neste caso, eu particularmente defendo a eliminação baseado nos conceitos de autoridades no assunto que transcrevo abaixo:

CONCEITO DE ATIVIDADE FÍSICA E EXERCÍCIO FÍSICO 

Atividade física tem como definição qualquer movimento corporal, voluntário, produzido pela musculatura esquelética, que resulte em um gasto energético maior do que os níveis de inatividade (CASPERSEN et al, 1985 apud GUEDES e GUEDES, 1995; NAHAS, 2001). Porém, não se deve confundir o uso da denominação de atividade física com exercício físico, mesmo apresentando elementos em comum. O exercício físico é considerado uma subcategoria da atividade física, assim como as atividades relacionadas ao trabalho profissional, o trabalho doméstico, os momentos de lazer e as horas de sono, refeição e higiene. Dessas subcategorias da atividade física, apenas as atividades esportivas e os programas de condicionamento físico é que podem ser considerados exercícios físicos (GUEDES e GUEDES 1995).

A definição de exercício físico, segundo Caspersen et al (1985) apud Guedes e Guedes (1995), é que toda atividade física programada, repetitiva, com estrutura e objetivos definidos em prol da manutenção ou melhoria de um ou mais componentes da aptidão física, é considerada exercício físico. O fato é que ambos, quando devidamente aplicados de forma progressiva demonstram relações positivas com a melhora na aptidão física (GUEDES e GUEDES, 1995).

CONCEITO DE APTIDÃO FÍSICA

A expressão aptidão física representa a habilidade do corpo de adaptar-se às demandas do esforço físico que a atividade precisa para níveis moderados ou vigorosos, sem levar a exaustão. Podemos incluir como principais componentes: a condição aeróbica, força e flexibilidade (ARAÚJO e ARAÚJO, 2000, p.195).

Portanto, conclui-se que este tema pode ser levado ao judiciário para encontrar o remédio caso haja algum candidato eliminado indevidamente. Porém acredito que uma boa argumentação ao médico, o mesmo entenderá seus motivos e lhe dará o documento (atestado médico) conforme o edital, evitando assim um transtorno e desgaste físico, psicológico e financeiro tendo que recorrer ao judiciário.

Forte abraço, bons treinos e te espero nas fileiras da corporação.

 

Elon JuniorElon Junior é subtenente do CBMERJ, Coach Físico para Concursos, palestrante e autor do livro “Preparação Física para Concursos

www.elonjunior.com.br

 

_

seg 25 ago/2014

Lia Salgado no G1 – 19/08/2014

Estudo para concurso não pode parar no período eleitoral; veja dicas

19-08-2014

Quem desacelerar o ritmo de estudo agora ou, pior ainda, suspender a preparação para concursos por achar que não haverá editais até o próximo ano estará cometendo um grave erro. O mito de que não há concursos em período eleitoral é infundado. Eles podem ocorrer a qualquer tempo. A única limitação é para nomeação de aprovados nas esferas para as quais haverá eleições (neste ano, federal e estadual). Mesmo assim, se o processo tiver sido homologado até 3 meses antes do pleito, a restrição deixa de existir.

Confira a matéria clicando aqui 

qui 21 ago/2014

Lia Salgado no G1 – 12/08/2014

Veja dicas para vencer o cansaço e reforçar os estudos para concurso

12-08-2014

Na coluna de vídeo desta semana, a especialista em concursos Lia Salgado responde dúvidas dos internautas sobre como ter forças para não desistir do objetivo de passar em um concurso público.

Confira a matéria e assista ao vídeo clicando aqui 

 

 

 

_

ter 12 ago/2014

Para Ser Feliz

gratidaoPassamos a vida lutando para que as coisas sejam desta ou daquela maneira. Sofremos muito enquanto isso não acontece. Mas, repetimos sempre que: “quando isso ou aquilo acontecer, serei uma pessoa feliz”. Pode ser a compra de um apartamento, ou casar, ou pagar as dívidas, ou… passar no concurso. Bobagem! Se não aprendermos a ser felizes agora, também não o seremos quando a meta futura for alcançada.

O objetivo do nosso espaço aqui é, principalmente, motivar as pessoas e mostrar que as dificuldades fazem parte do caminho de todo concurseiro, mas devem ser superadas. E mais, que pessoas comuns e com dificuldades as mais variadas passam em concurso – vejam o meu caso (separada, quatro filhos, sem dinheiro, …). Já falamos sobre orientações para otimizar o estudo, editais específicos, etc. Mas, desta vez, quero somente deixar este alerta: é preciso descobrir como ser feliz mesmo durante a maratona para a aprovação. Mesmo sem dinheiro, sem tempo, cansado, pressionado pela expectativa. É importante olhar para o espelho e perceber quão especial é ter coragem de mudar a vida, de investir todos os esforços para a obtenção do que se deseja. É bacana observar a trajetória, olhar para trás e ver quanto já foi trilhado, quanto aprendemos. Há tanto o que apreciar a cada dia, cada novo momento…

Mas, podemos escolher o inverso. Sempre haverá do que reclamar. Um dia, li num livro de uma monja budista algo que realmente me libertou: se você pensa que algum dia na sua vida tudo estará no lugar, esqueça, porque isso nunca acontecerá. É? Então tá, né? Se uma monja, sábia, espiritualizada diz isso, deve ser mesmo. Sabe que achei bom à beça? Já que nunca estará tudo no lugar, não precisamos então sofrer tanto quando algo não funciona. É só uma questão de aceitar que desta vez foi isso; em outro momento será aquilo. Fica bem mais fácil. Vamos resolvendo o que surge, sem expectativas de perfeição.

Caso contrário, quando formos aprovados no concurso, encontraremos ainda motivos de lamentação. Claro! O chefe pode ser chato; ou pagamos muito imposto de renda – é verdade, pagamos mesmo, mas não é melhor do que ficar isento por não ter salário ou pagar pouco por ter um recebimento mensal insignificante? Então, carece ter cuidado para não ser uma pessoa infeliz quando for aprovada, só que com dinheiro. O que, diga-se de passagem, já é melhor do que ser infeliz sem dinheiro mas, ainda assim, é infeliz…

Observo, à minha volta, gente que teria tudo para ser feliz, mas sofre todos os dias com o que “falta”; e olhe que, como vimos, sempre vai faltar alguma coisa. Para dar um exemplo, outro dia ouvi esta pérola: “As pessoas falam tanto em viajar para a Europa, mas quem aguenta ficar onze horas num avião? É muito desgastante!”. Prefiro me abster de comentários.

Por outro lado, um tempo atrás estava eu numa cidade do interior que era cortada por um rio. Quando olhei para a estrada, vinha uma senhora – as marcas do sol e do vento na pele fazendo-a parecer bem mais antiga na idade do que deveria ser de fato – empurrando um carrinho de mão cheio de panelas lavadas. Observei melhor e vi que ela vinha do rio, onde lavara e areara (para quem não é do interior: arear é polir com areia do rio) suas panelas, que brilhavam à luz do sol. Ela sorria. Qual não foi minha surpresa quando vi, sobre a pilha de panelas, um grande rádio, e entendi que aquela mulher, enquanto cuidava de sua lida diária, sem qualquer conforto, se deu ao trabalho de levar um rádio de pilhas para transformar o que poderia ser uma tarefa estafante em algo alegre e divertido. Assim é a vida. Do jeitinho que a fazemos.

Então, amigo concurseiro, quando tiver de acordar num sábado de sol e dispensar a praia ou o churrasco com os amigos porque precisa estudar, não lamente. Se estiver chovendo, friozinho, vontade de dormir até mais tarde e fazer nada o dia todo, mas tiver de encarar os livros ou as aulas do curso, tampouco lamente. Lembre que você é alguém muito especial e que está no meio de um projeto de mudança de vida. O investimento necessário são horas e horas de estudo, vida saudável, poucos gastos, lazer controlado. O prêmio? Todos os anos que restarem da sua vida após a aprovação para curtir o fim de semana com requintes de criatividade; e mais: todos os dias do resto da sua vida para comemorar a vitória conquistada.

The Hug

_____________________________________________________________________

Links

● Facebook

● Twitter: @liasalgado_

 ● Coluna da semana no G1: ”Prós e contras de largar o emprego para se dedicar a concursos públicos”

● Livro – Como Vencer a Maratona dos Concursos Públicos – à venda na Saraiva

 

qui 07 ago/2014

Lia Salgado no G1 – 05/08/2014

Prós e contras de largar o emprego para se dedicar a concursos públicos

06-08-2014Os candidatos a concurso público vivem driblando a falta de tempo para estudar e tentam as mais variadas soluções – até mesmo pedir demissão. Será que esta é sempre uma boa ideia? Além de conhecer os aspectos positivos e negativos da decisão, quem pretende pedir demissão precisa tomar alguns cuidados para aproveitar bem o tempo e não ficar frustrado. Veja a seguir o que levar em consideração, além de alternativas para servidores públicos e para quem ainda tem dúvidas sobre a estratégia.

Confira a matéria clicando aqui 

 

qua 06 ago/2014
1 2 3 4 5 12